top of page

Metáfora: A xícara cheia


Conta uma velha lenda que um famoso guerreiro foi visitar um não menos conhecido mestre zen. Ao chegar, apresentou-se ao ancião e falou sobre todos os diplomas que havia conseguido em anos de sacrificados e longo estudos.


Após tão erudita apresentação, contou ao mestre que tinha ido visita-lo para que ele explicasse com todos os detalhes os segredos para poder adentrar no conhecimento zen.


Depois da mostra de tanta arrogância, o mestre limitou-se a convidar o visitante a se sentar e ofereceu uma xícara de chá.


Aparentemente distraído, sem dar mostras de muita preocupação, o mestre começou a servir o chá na xícara do guerreiro e continuou fazendo isso mesmo depois de a xícara ficar completamente cheia. Consternado, o guerreiro avisou o mestre que a xícara estava cheia e que o chá estava começando a derramar lentamente sobre a mesa.


O mestre respondeu com toda a tranquilidade do mundo:


- Exatamente. o senhor já vem com a xícara cheia, como poderia aprender algo?


- Perante a expressão incrédula do guerreiro, o mestre enfatizou:


- A menos que a sua xícara esteja vazia, você não poderá aprender nada.


REFLEXÃO


SE NOS CONSIDERARMOS SEMPRE CERTOS E CHEIOS DE RAZÃO, COMO IREMOS APRENDER ALGO NOVO? COMO IREMOS PERCEBER NOSSAS FALHAS? DE QUE MANEIRA PODEREMOS MELHORAR?




14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare

Mit 0 von 5 Sternen bewertet.
Noch keine Ratings

Rating hinzufügen
bottom of page