top of page

10 princípios para melhorar seu relacionamento

O neurocientista clinico e psiquiatra Daniel G. Amem (2000), fornece alguns princípios de relacionamentos:



1. Assuma a responsabilidade de manter o relacionamento forte. Não seja uma pessoa que culpa o seu (a sua) parceiro(a) ou amigos pelos problemas do relacionamento e procure saber o que pode fazer para melhorá-lo.


2. Nunca imagine que o relacionamento esteja garantido. Para que que as relações sejam especiais, elas precisam de manutenção constante. Os relacionamentos sofrem quando são colocados na parte de baixo da lista de prioridades de tempo e atenção. Concentrar-se no que você quer de uma relação é essencial para fazer com que isso aconteça.


3. Proteja sua relação. Uma maneira infalível de fazer com que um relacionamento acabe é depreciar, diminuir ou rebaixar a outra pessoa. Proteja seu relacionamento fortalecendo a outra pessoa.


4. Presuma o melhor. Quando houver um problema de motivação ou intenção, pense o melhor sobre a outra pessoa. Isso vai ajudar o comportamento dele ou dela para que seja mais positivo.


5. Mantenha a relação saudável. Quando os relacionamentos tornam-se “amanhecidos” ou tediosos, eles ficam vulneráveis a erosão. Portanto, afaste-se da “mesmice”, procurando modos novos e diferentes de acrescentar vida às sua relação.


6. Perceba o bom. É muito fácil ver o que você não gosta dentro de um relacionamento. Isso é quase da nossa natureza. É preciso de um verdadeiro esforço para perceber o que você gosta. Quando você passa a maior parte do tempo percebendo os aspectos positivos do relacionamento, é mais provável ver um aumento do comportamento positivo.


7. Comunique-se com clareza. A maioria das brigas que as pessoas tem é oriunda de algum tipo de falha na comunicação. Arrume tempo para ouvir realmente e entender o que as outras pessoas querem dizer para você. Não reaja àquilo que você acha que as pessoas quiseram dizer; pergunte o que querem dizer com aquilo e depois formule uma resposta.


8. Mantenha e proteja a confiança. Muitos relacionamentos desmoronam depois de ter havido uma violação grande da confiança.


9. Trate dos assuntos difíceis. Sempre que ceder a outra pessoa para evitar uma briga, você está cedendo um pouco do seu poder. Se fizer isso com constância, vai ceder muito poder e vai começar a se ressentir com o relacionamento. Evitar conflito a curto prazo frequentemente tem efeitos devastadores a longo prazo. De um modo firme, mas gentil, defenda o que acha que é certo. Isso vai ajudar a manter a relação equilibrada.


10. Arrumem tempo um para o outro. Em nossas vidas ocupadas, o tempo é muitas vezes a primeira coisa a sofrer em nossos relacionamentos importantes. Os relacionamentos importantes. Os relacionamentos requerem um tempo real para que funcionem. Quando os parceiros trabalham e tem filhos muitas vezes acabam se distanciando cada vez mais, porque não passam um tempo juntos. Quando eles o fazem, percebem o quanto gostam mesmo um do outro. Fazer de seus relacionamentos um “investimento de tempo” vai pagar dividendos nos anos vindouros.


Referencia: AMEN, Daniel G. Transforme seu cérebro, transforme sua vida. São Paulo: Mercuryo, 2000.


Psic. Andréia Medina


Posts recentes

Ver tudo

Comentários

Avaliado com 0 de 5 estrelas.
Ainda sem avaliações

Adicione uma avaliação
bottom of page