top of page

A dor da perda

A dor da perda é muito dura, seja a perda de um amor, de um trabalho, da saúde, do amor próprio.

Dói porque não se espera que aconteça, é uma dor que parece que vai ficar ali pra sempre.


O que ameniza essa dor é compreender que ela passará, durará um período e será doloroso, mas, passará. O difícil e mais importante é conseguir manter o equilíbrio e a integridade em meio à perda.


Nesses momentos é relevante não passar pelo sofrimento sozinho, mas, compartilhar essa dor com alguém em quem se confia, para que a pessoa possa se sentir amparada e acolhida. Pois, desabafar e colocar pra fora alivia a dor e faz com o que o individuo se torne mais consciente do ocorrido.


Uma perda representa um luto e por isso falar sobre é tão importante, pois, muitas vezes há emoções desagradáveis que não queremos mexer, como o sentimento de raiva, porém, é importante colocar pra fora e assim elaborar esses sentimentos, dando um novo significado a eles.


Outra etapa importante é a aceitação do que ocorreu, pois, enquanto o individuo rejeita fica difícil encontrar maneiras de assimilar e superar essa dor. Porém, é necessário um tempo pra elaborar a situação vivenciada, compreendendo que não é preciso apressar e que cada pessoa tem o seu ritmo.


Respeitar a dor do outro é fundamental.


* Andréia Medina: Apaixonada pela profissão, empática e sensível. Ama ler. Além de psicóloga, é esposa do Toninho e mãe da Laís. CRP 08/24073

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page